Psicoterapia de Luto


Perder um ente querido traz à tona, sentimentos de muito sofrimento e uma desorganização geral, que exige um esforço adicional para se reorganizar emocional, familiar, social, profissional e, em muitos casos, financeiramente. A perda de algo ou alguém a quem amamos é sempre muito difícil e dolorosa. Dependendo da estrutura emocional de cada indivíduo essa realidade pode afetar ou até mesmo paralisar.

Apesar de sermos indivíduos com características próprias, a forma como vivenciamos o luto é muito semelhante na maioria. A terapia do luto é uma boa alternativa para superar a morte de uma pessoa querida. Nossa proposta de Psicoterapia em situações de luto está centrada em uma intervenção que permita o contínuo das atividades básicas, evitando que o indivíduo mergulhe em uma depressão crônica, em alguns casos crises de ansiedade, fobias ou outras situações que comprometam sua sobrevivência.

Definição: 
A psicoterapia de luto é uma técnica desenvolvida e implementada há mais de trinta anos nos Estados Unidos e Europa e desenvolvida, no Brasil, há cerca de vinte anos. Esta terapia é indicada para pessoas que apresentam dificuldades ao vivenciar a perda de alguém querido. A Psicoterapia do Luto identifica as implicações emocionais da morte (psicológicas e sociais), respeitando o contexto cultural e estrutura da personalidade, buscando compreendê-las com a finalidade de apoiar o enlutado na elaboração da perda e intervir no processo de integração da perda na estrutura da sua personalidade.

Objetivos:
O objetivo da terapia do Luto é identificar e facilitar a resolução de dificuldades que impedem o indivíduo de completar as tarefas de Luto. O psicólogo vai orientar a relação com os seus familiares, auxiliar na compreensão do processo de luto, buscar um novo significado para a vida, ajudar a amenizar as saudade, combatendo o sofrimento e aprender a lembrar apenas de bons momentos.

Metodologia:
Acolhimento: O paciente relata lembranças, expressa sentimentos, fatos relevantes, esgotando o repertório de dor. Tarefa de casa: Trazer fotos, pertences da perda sofrida, escrever diário relatando experiências. Intervenção Clínica: Técnicas de conversação sobre as lembranças deixadas pelo luto,Atividades lúdicas , filmes, dinâmicas, técnicas projetivas, palestras, autoconhecimento, reflexão e relaxamento.

Como é feito o pagamento?
O pagamento ocorre a cada sessão, sendo acertado entre cliente e terapeuta. É fornecido o recibo para reembolso no seu plano de saúde.Obs. A partir de 7 de junho de 2010 o número de sessões cobertas pelos planos de saúde passou de 12 por ano para 40. (ANS DIPRO n°25, RN 211)


Para quem |
Crianças, adolescentes, adultos e idosos
Consulta Presencial | Individual ou em Grupo
Duração da Sessão | 60 minutos
Periodicidade | A frequência da consulta individual pode ser de 1 a várias sessões por semana.Quando o trabalho é desenvolvido com grupos de pessoas enlutadas,a frequência das sessões varia de acordo com a necessidade e a dor de cada elemento do grupo.

cliqueaqui.JPG