Transtorno de Personalidade


duplo22.jpg

Transtorno de Personalidade:
Personalidade é como a pessoa se relaciona com o mundo, são suas características pessoais (caráter), que são estruturadas na infância e adolescência. Um transtorno de personalidade aparece quando esses traços são muito inflexíveis e mal ajustados, ou seja, prejudicam a adaptação do indivíduo às situações que enfrenta, causando a ele próprio, ou mais comumente aos que lhe estão próximos, sofrimento e incomodação.O transtorno de personalidade se caracteriza por uma dificuldade de adaptação e inflexibilidade que gera sofrimento ao próprio indivíduo e as pessoas que convivem com ele.

Geralmente as causas de um transtorno de personalidade são múltiplas, mas estão relacionadas com a vida do indivíduo durante a infância e adolescência. Caracterizam pessoas que não têm uma maneira absolutamente normal de viver. Um transtorno de personalidade pode prejudicar um indivíduo de diversas maneiras, podendo em alguns casos levar à sua total exclusão da sociedade.

Habitualmente os transtornos da personalidade se acompanham de sofrimento e de comprometimento no desempenho global da pessoa. Outra característica deste transtorno é a ausência de bem-estar nas interações sociais e profissionais. Os indivíduos com distúrbios da personalidade normalmente não têm consciência de que os seus padrões de comportamento ou de pensamento são inadequados.

Entre os transtornos da personalidade encontram-se as classificações:
- Transtorno da personalidade narcisista
- Transtorno da personalidade obsessivo-compulsiva
- Transtorno da personalidade esquiva
- Transtorno da personalidade passivo-agressiva
- Transtorno da personalidade depressiva
- Transtorno da personalidade sadomasoquista
- Transtorno da personalidade sádica
- Transtorno da personalidade paranoide
- Transtorno da personalidade esquizoide
- Transtorno da personalidade esquizotípica
- Transtorno da personalidade antissocial
- Transtorno da personalidade borderline
- Transtorno da personalidade histriônica
- Transtorno da personalidade dependente

Sintomas:

Emoções instáveis, impulsividade, auto-imagem oscilante, dificuldade de controlar a ira, intenso sentimento de rejeição e abandono, além de muitas vezes serem auto- mutilantes. Também têm que lidar com emoções de depressão, desordem alimentar e/ou abuso de substâncias. Muitas, principalmente nos primeiros anos, têm pensamentos constante de suicídio, seguidos de várias tentativas.

A Terapia:

As pessoas com esses transtornos geralmente não buscam tratamento por iniciativa própria. Para o tratamento de transtornos de personalidade, oferecemos estratégias para lidar com a doença, reduzindo assim os sintomas e melhorando a sensação de “bem-estar”. O tratamento desses transtornos é bastante difícil e igualmente demorado, pois em se tratando de mudanças de caráter, para que o tratamento seja efetivo, o indivíduo terá de mudar o seu próprio "jeito de ser".
Embora os transtornos de personalidade sejam difíceis de tratar, existem cada vez mais evidências de que a psicoterapia é o tratamento mais indicado. Com um tratamento adequado o indivíduo tem a possibilidade de se perceber e reestruturar melhor seu pensamento.Para o tratamento de transtornos de personalidade, oferecemos atendimento psicoterapêutico individual e familiar e também para casal, pois são tratamentos mais complexos e duração longa.

Esses transtornos de personalidade nascem com a pessoa e muitas vezes aparecem na adolescência. Cada pessoa tem um amadurecimento neurológico diferente. Cada pessoa tem um jeito de ser. Atuamos através do olhar sistêmico, ou seja, um olhar linear, onde a ideia é a inclusão de todos o olhares, juntar varias idéias, articular e depois aplicar esses olhares nos pacientes que estão sendo tratados.

Nossa experiência mostra que quando trabalhamos também as questões familiares ou do casal, o processo tende a evoluir de uma maneira mais completa,satisfatória, e em alguns casos há necessidade de acompanhamento psiquiátrico. Se você acha que tem essa desordem, procure atenção médica e suporte emocional imediatamente para que o tratamento seja efetivo.

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.

cliqueaqui.JPG